4 dicas para importar e não perder dinheiro com a alta do dólar

turned on light crane

Photo by David Dibert on Pexels.com

Flutuação da moeda norte-americana costuma assustar empresários que precisam comprar produtos em outros países

Com o dólar se aproximando dos R$ 4,00, as importações começaram a pesar mais no bolso dos empresários, que ficam preocupados se podem e até mesmo devem repassar esses valores aos seus clientes. Outra dúvida que surge é a de como manter negócios que dependem de produtos e matérias-primas compradas na moeda norte-americana. Ao mesmo tempo que o aumento na moeda americana impacta diretamente no valor das mercadorias e no custo final do processo de importação, surgem oportunidades que podem ser bem aproveitadas nesse momento.

O empresário Thiago Burbela, diretor do Grupo Casco Comércio Exterior e Logística, listou algumas situações que devem ser observadas no momento da negociação para não perder lucratividade. Veja as dicas:

1 – Faça um planejamento do que sua empresa vai necessitar de estoque, tanto de produtos ou de matéria-prima. Ao concentrar o número de pedidos em operações maiores, economiza-se o valor das taxas, que são fixas.

2 – Utilize o regime especial de entreposto aduaneiro que permite a alternativa de “liberações fracionadas”. Nesse caso, as mercadorias estrangeiras podem ficar armazenadas a um custo menor e com suspensão do pagamento dos impostos federais e outros tributos. É uma alternativa para evitar a descapitalização total da operação para aguardar o melhor momento para a nacionalização da mercadoria.

3 – Quando ocorre a valorização da moeda norte-americana, ela acontece no Brasil, mas também em muitos outros países. É uma oportunidade para tentar renegociar preços com os fornecedores estrangeiros, já que em alguns segmentos da indústria, a matéria-prima é toda importada e na cadeia produtiva isso pode afetar diretamente em repasses finais que outros importadores provavelmente irão fazer nas suas operações.

4 – Para os empresários que estão com o caixa financeiro saudável, a alta do dólar pode ser uma oportunidade para conquistar mercado, uma vez que importadores menores devem investir menos nesse período.

Fonte: Estilo Editorial – Danielle Blaskievicz <daniblaski@estiloeditorial.com.br>

Aprenda Comércio Exterior
whatsapp: 31 98411.8218
Anúncios